Teologia Sistemática: A importância para o Estudo da Palavra de Deus

Tempo de leitura: 5 minutos

Teologia Sistemática é o estudo de Deus e de todas as doutrinas bíblicas de maneira sistemática, ou seja, com linearidade.

O termo “sistemático” significa, segundo os dicionários, “algo que segue ou observa um sistema”.

Por isso, teólogos estudaram diversas doutrinas com uma visão holística, do início ao fim das escrituras.

Para chegar a considerações e entendimento mais profundos sobre temas importantes como:

  • A salvação
  • A justificação
  • A santificação
  • A doutrina do homem
  • A doutrina do pecado
  • O estudo dos anjos
  • As profecias do fim dos tempos, entre outros.

A teologia sistemática é dividida em categorias para facilitar um estudo mais a fundo de um tema.

Pensemos no que a Bíblia fala sobre o fim do mundo: não é apenas no livro do Apocalipse que encontramos informações completas a respeito das profecias dos últimos tempos.

A Bíblia, do início ao fim, é repleta de profecias, alertas e ensinamentos sobre qual o propósito de Deus e os planos para a existência do mundo

Por isso, os teólogos sistematizaram o estudo das últimas coisas na “escatologia”.

Esse é apenas um exemplo das diversas doutrinas e temas abordados de forma sistemática no estudo da palavra de Deus.

Uma das grandes importâncias da teologia sistemática para o estudo, é que ela parte do princípio fundamental de que a Bíblia é a Palavra de Deus.

E está completamente correta.

Se em algum momento, por acaso, nos depararmos com inconsistências em nossas crenças, independentemente de em qual parte das escrituras, significa que estamos equivocados e que precisamos alinhar o conceito do que acreditamos com a Bíblia para entender o que realmente as escrituras pretendem nos dizer sobre esses determinados assuntos.

Lembre-se que a teologia sistemática sempre deve ser fundamentada na Bíblia.

O primeiro é o da ignorância

“Meu povo foi destruído por falta de conhecimento.

“Uma vez que vocês rejeitaram o conhecimento, eu também os rejeito como meus sacerdotes;

Uma vez que vocês ignoraram a lei do seu Deus, eu também ignorarei seus filhos.” (Oséias 4:6)

Em toda a escritura, há um apelo para que busquemos a sabedoria, sejamos sensatos, e tenhamos entendimento da Palavra de Deus.

Sem conhecimento, estamos sujeitos ao domínio dos falsos profetas, das falsas doutrinas.

Hoje, nosso mundo é dominado por religiões “relativistas” e pelo ecumenismo.

Tudo porque grande parte das pessoas ainda não buscam conhecer e estudar a Palavra de Deus em sua verdade.

Acreditando em teorias criadas por homens maus e gananciosos ou por espíritos enganadores.

Aqui a teologia sistemática pode lhe ajudar e muito pela a busca dessa sabedoria.

O segundo, é a prepotência

“Os mestres da lei e os fariseus se assentam na cadeira de Moisés.

Obedeçam-lhes e façam tudo o que eles lhes dizem.

Mas não façam o que eles fazem, pois não praticam o que pregam.

Eles atam fardos pesados e os colocam sobre os ombros dos homens, mas eles mesmos não estão dispostos a levantar um só dedo para movê-los.

“Tudo o que fazem é para serem vistos pelos homens.

Eles fazem seus filactérios bem largos e as franjas de suas vestes bem longas;

Gostam do lugar de honra nos banquetes e dos assentos mais importantes nas sinagogas, de serem saudados nas praças e de serem chamados ‘rabis’.

“Mas vocês não devem ser chamados ‘rabis’;

Um só é o mestre de vocês, e todos vocês são irmãos.

A ninguém na terra chamem ‘pai’, porque vocês só têm um Pai, aquele que está nos céus.

Tampouco vocês devem ser chamados ‘chefes’, porquanto vocês têm um só Chefe, o Cristo.

O maior entre vocês deverá ser servo.

Pois todo aquele que a si mesmo se exaltar será humilhado, e todo aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado.” (Mateus 23:2-12)

Enquanto alguns vivem com a crença em qualquer doutrina que lhe é apresentada no momento oportuno, outros se consideram mestres, grandes estudiosos e cultos, tornam-se céticos e orgulhosos em sua própria sabedoria.

Ao acreditar conhecer absolutamente a verdade do evangelho, alguns teólogos tornam-se inflexíveis e intolerantes.

E dessa forma, podem oferecer o mesmo risco daqueles que desconhecem a Palavra de Deus, afirmações equivocadas baseadas na sabedoria humana.

Aqui vale novamente ressaltar que o fundamento da teologia sistemática deve ser a Bíblia e não conhecimento humano.

“Não seja sábio aos seus próprios olhos; tema ao Senhor e evite o mal.” (Provérbios 3:7)

Teologia Sistemática – O Conhecimento

Não há benefício num conhecimento sem Fé, assim como numa Fé sem conhecimento.

O estudo da palavra de Deus, baseando-se na teologia sistemática, deve sempre ter por objetivo não apenas nos instruir sobre o conceito histórico e factível de cada detalhe da Bíblia.

Mas nos elevar em santidade, arrependimento, gratidão, paciência, amabilidade e em todos os frutos do Espírito Santo.

Pois é para isso que temos a Palavra de Deus, para nos edificar e completar a boa obra em nossas vidas.

Busque o conhecimento e estudo com humildade.

Contando sempre com a direção e a moderação dadas pelo Espírito Santo, que é capaz de nos levar a toda a verdade de Deus.

Deus te abençoe!

Gostou do artigo? Deixe seus comentários e compartilhe nas redes sociais.

4 Comentários


  1. Realmente temos visto nos púlpitos pregadores que falam daquilo que não conhecem.transformando a verdade em mentira.triste

    Responder

    1. É verdade irmão, infelizmente esquecem que tudo que falam nos púlpitos tem que ter o fundamento bíblico, e não coisas que eles mesmos inventam e enganam a muitos.
      Fica com Deus!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *