Teologia Bíblica: entenda seu significado e sua importância

Tempo de leitura: 3 minutos

Teologia Bíblica

Muitos acreditam que a Teologia Bíblica é um termo genérico para abranger toda a teologia existente, mas isso não é verdade. Ela também não é um adjetivo para um tipo de estudo mais biblicamente correto do que outros. Vamos entender o que ela realmente significa:

A Teologia Bíblica

A Teologia Bíblica, com letras maiúsculas, referindo-se a um “nome próprio”, é o campo da teologia que estuda a bíblia de maneira holística, a fim de organizar suas conclusões e pressupostos. Seu objetivo é mostrar como todos os acontecimentos bíblicos são desdobrados até Cristo, num propósito coerente. 

A Teologia Bíblica parte da exegese, que é uma análise minuciosa de um texto, palavra ou termo, com o objetivo de esclarecer o sentido, intenção e contexto da mensagem, estabelecendo um fundamento decorrente dessa análise.

Ela possui diversas divisões, por exemplo: 

  • Teologia do Antigo e Novo Testamento, com o objetivo de encontrar o caminho bíblico que leva até Cristo, desde a criação. 
  • Teologia dos Profetas
  • Teologia dos Discípulos
  • Entre outras…

A diferença entre a Teologia Bíblica e a Teologia Sistemática

Como já vimos aqui no blog, a Teologia Sistemática é o campo teológico que estuda as doutrinas bíblicas acerca de diversos aspectos de nossa vida e fé.

Por exemplo: a Teontologia, que estuda sobre Deus, a Cristologia, sobre Cristo, a Doutrina do Espírito Santo, a Angelologia, sobre os anjos, a Antropologia, sobre os homens, a Soteriologia, sobre a salvação, a Eclesiologia, sobre a igreja e a Escatologia, que é a doutrina das últimas coisas. Todas essas doutrinas são embasadas em textos bíblicos e análises sobre acontecimentos em diversos momentos diferentes.

Na Teologia Bíblica, por sua vez, as doutrinas surgem de acordo com a leitura de um texto, em sua sequência lógica e histórica. Os estudiosos encontram os temas teológicos tratados no antigo e novo testamento a partir da análise do momento histórico e geográfico, não há, objetivamente, nenhum pressuposto, não até que apareçam no texto bíblico em questão. 

Ao invés de estabelecer doutrinas e buscar explicá-las, a Teologia Bíblica traz temas de estudo do tipo: “O que Cristo diz a respeito da salvação?”, ou “Qual os princípios do cristão listados no Sermão do Monte?”, etc. O papel do teólogo bíblico é entender a Grande Mensagem ao longo de toda a narrativa bíblica. Ele acredita que a bíblia tem um único contexto e sentido coerente desde seu início, até o meio e fim.

A importância da Teologia Bíblica em nosso estudo diário

Em resumo, o estudo da Teologia Bíblica busca extrair uma hermenêutica a partir da própria Bíblia, extraindo uma riqueza para a interpretação de cada doutrina e acontecimento.

É importante que nós, mesmo quando não temos o objetivo de ser estudiosos profissionais da Palavra, conheçamos os fundamentos do estudo bíblico e a história de nossa Fé. Além disso, é importante saber os meios pelos quais os teológos e pastores têm trazido o significado da mensagem de Deus para nossa vida, dessa maneira podemos crescer em conhecimento sobre quem é Deus e qual o nosso papel como seus filhos, evitar enganos, além de auxiliar os que ainda não crêem de maneira inteligente, civilizada e perspicaz, afinal, o Senhor nos ensina a ser prudentes e conhecedores de sua mensagem.

Deus abençoe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *