Reino de Deus pregado por Jesus Cristo

Tempo de leitura: 8 minutos

Reino de Deus pregado por Jesus, em sua missão na terra.

“Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”. (Mateus 6:33)

Todos os cristãos já ouviram sobre o Reino de Deus em algum momento de sua caminhada.

Na oração modelo que o Senhor Jesus ensinou, há o pedido “venha o Teu reino”.

Sugerindo, assim como no texto acima, do livro de Mateus, que devemos esperar e buscar pela concretização do Reino de Deus.

Para muitos ainda não é claro o papel que o cristão deve desempenhar neste reino.

Como ele começou, onde está neste momento ou como e quando será a sua chegada.

Vamos, com base na pregação de Jesus, te mostrar quais são as principais características do Reino de Deus.

E porque ele é de suma importância em nosso propósito de vida.

Desmistificar o reino de Deus pregado por Jesus

O primeiro ponto a desmistificar, é a ideia de um senhor de idade avançada.

Sentado em nuvens, cercado de pessoas de branco tocando instrumentos.

Essa imagem pega bem para criações artísticas, mas não tem relação nenhuma com a pregação do Reino de Deus como ele realmente se apresenta.  

O reino foi o assunto central na mensagem de Jesus Cristo.

Seus discípulos abriram mão de suas vidas para pregá-lo, e não só isso, assim como eles, nós que cremos na mensagem de Jesus.

Vivemos como estrangeiros no mundo, mortos para os costumes desse reino de trevas.

Buscamos o reino da vida como novas criaturas.

Natureza do reino de Deus

A natureza do reino de Deus começa de maneira espiritual, mas se concretiza fisicamente.

O reino iniciou com Jesus na cruz, o seu sacrifício nos resgatou do reino das trevas.

Salvou nossa vida do pecado, tirou a autoridade das mãos de satanás.

A ação do reino, em primeiro lugar, acontece em nossa alma, espírito e corpo.

Os salvos são embaixadores do reino de Deus neste mundo caído, esse é nosso propósito de vida:

Trazer o reino, pregar o reino, anunciar o reino, fazê-lo conhecido.

“Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação.

De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse.

Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus”. (2 Coríntios 5:19,20)

O sacrifico de Jesus

O sacrifício de Jesus decretou justiça nesse mundo e o fez glorificado acima de todos.

Jesus é o nosso Rei, que se faz presente em nossos corações.

O reino de Deus pode ser entendido como aquele reino sobre o qual o Rei designado por Deus – Jesus – está presentemente reinando por meio e na vida de seu povo.

Realizando sua vontade “na terra como no céu”.

Jesus é o cumprimento da esperança do Antigo Testamento.

Ele é o Messias que veio para resgatar o seu povo.

No entanto, não foi aceito por aqueles cuja promessa foi recebida, os judeus, que ainda aguardam por um reino físico, separatista, apenas para os escolhidos.

Mas Deus usou a incredulidade deles para glorificar seu nome e reinar sobre todo o mundo.

É por isso que o evangelho é pregado e os crentes têm um papel tão importante na propagação de seu reinado.

Tudo está contemplado em seu propósito ao criar a humanidade.

“E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo:

É-me dado todo o poder no céu e na terra.

Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado;

E eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém”. (Mateus 28:18-20)

O reino de Deus está em construção

O reino está em construção e estará consumado no fogo vindouro, quando todo o olho verá.

Mas é pela que alcançamos, é pela esperança e perseverança dos santos.

Porém, sua característica não é apenas espiritual, como alguns acreditam e utilizam a passagem de Lucas 17:20-21 para apoiar essa ideia.

Mas o reino também se concretizará no plano físico, já se concretiza, caminhando para seu propósito final.

Muitos ainda permanecem acreditando em profetas e profecias, pois não aceitam o Reino de Jesus.

É por isso que os fariseus foram questionados e em diversas parábolas o Senhor Jesus avisou que o Reino seria tirado daqueles a que eram de destino e oferecidos para os gentios.

A obra final da construção do reino será na volta de Jesus para derrotar Satanás, o usurpador do trono de Deus em sua criação.

Os livros proféticos e o Apocalipse nos alertam sobre os acontecimentos que precederão esse momento:

“Assim também vós, quando virdes acontecer estas coisas, sabei que o reino de Deus está perto”. (Lucas 21:31)

Devemos buscar o reino de Deus

Enquanto aguardamos pacientemente esse momento, devemos buscar o Reino de Deus em nossa vida diária.

Portanto, conheça mais algumas mensagens que Jesus deixou sobre seu reino:

“Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo”. (Romanos 14:17)

“E dizia: A que é semelhante o reino de Deus, e a que o compararei?

É semelhante ao grão de mostarda que um homem, tomando-o, lançou na sua horta;

E cresceu, e fez-se grande árvore, e em seus ramos se aninharam as aves do céu”. (Lucas 13:18,19)

Arrependei-vos 

“E dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus”. (Mateus 3:2)

“Respondeu Jesus:

O meu reino não é deste mundo;

Se o meu reino fosse deste mundo, pelejariam os meus servos, para que eu não fosse entregue aos judeus;

Mas agora o meu reino não é daqui.

Disse-lhe, pois, Pilatos:

Logo tu és rei? Jesus respondeu: Tu dizes que eu sou rei.

Eu para isso nasci, e para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade.

Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz”. (João 18:36,37)

“E curai os enfermos que nela houver, e dizei-lhes: É chegado a vós o reino de Deus”. (Lucas 10:9)

“Aos quais também, depois de ter padecido, se apresentou vivo, com muitas e infalíveis provas.

Sendo visto por eles por espaço de quarenta dias, e falando das coisas concernentes ao reino de Deus”. (Atos 1:3)

“Até o pó, que da vossa cidade se nos pegou, sacudimos sobre vós.

Sabei, contudo, isto, que já o reino de Deus é chegado a vós”. (Lucas 10:11)

“Mas, se eu expulso os demônios pelo dedo de Deus, certamente a vós é chegado o reino de Deus”. (Lucas 11:20)

Reino de Deus ensinado por Jesus

“E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de lâmpada nem de luz do sol, porque o Senhor Deus os ilumina; e reinarão para todo o sempre”. (Apocalipse 22:5)

“E, acercando-se dele os discípulos, disseram-lhe:

Por que lhes falas por parábolas?

Ele, respondendo, disse-lhes:

Porque a vós é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas a eles não lhes é dado;

Porque àquele que tem, se dará, e terá em abundância; mas àquele que não tem, até aquilo que tem lhe será tirado”. (Mateus 13:10-12)

“Ali haverá choro e ranger de dentes, quando virdes Abraão, e Isaque, e Jacó, e todos os profetas no reino de Deus, e vós lançados fora.

E virão do oriente, e do ocidente, e do norte, e do sul, e assentar-se-ão à mesa no reino de Deus”. (Lucas 13:28,29)

“E, ouvindo isto, um dos que estavam com ele à mesa, disse-lhe:

Bem-aventurado o que comer pão no reino de Deus”. (Lucas 14:15)

E então vem a parábola do homem que convidou muitos para uma ceia e poucos aceitaram, pois eram muito importantes (referindo-se a rejeição dos judeus).

“E, ouvindo eles estas coisas, ele prosseguiu, e contou uma parábola;

Porquanto estava perto de Jerusalém, e cuidavam que logo se havia de manifestar o reino de Deus”. (Lucas 19:11)

Conclusão

Esperamos que essas mensagens tenham deixado mais claro em seu coração qual é a mensagem do reino.

A importância dele em sua vida e como devemos buscá-lo.

Além disso, desejamos que a sua esperança para o Dia do Senhor seja renovada.

Pois é por isso que aguardamos ansiosamente. Lembre-se:

“Confirmando os ânimos dos discípulos, exortando-os a permanecer na fé, pois que por muitas tribulações nos importa entrar no reino de Deus”. (Atos 14:22)

Deus te abençoe!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário e compartilhe nas redes sociais.

7 Comentários


    1. Que bom que gostou meu irmão!
      Fica na paz do nosso Senhor Jesus Cristo!

      Responder

    1. Ficamos felizes que tenha gostado irmã!
      Espero que nosso conteúdo esteja edificando sua vida espiritual.
      Fique com Deus!

      Responder

    1. Que bom saber que nosso conteúdo tem lhe abençoado meu irmão, ficamos felizes!
      Fique com Deus!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *