O Batismo de Jesus

Tempo de leitura: 3 minutos

O Batismo de Jesus:

“E, sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e vindo sobre ele.

E eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo”. (Mateus 3:16-17)

Pode ser que pareça confusa para você a ideia do batismo de Jesus.

Até mesmo João Batista, que efetivamente o batizou, não esperava este acontecimento.

Ele nem mesmo se considerava digno de limpar os pés de Cristo, imagina batizá-lo.

Mas Jesus insistiu para que tudo fosse feito desta maneira.

Pois a justiça seria completamente cumprida.

João esperava, na verdade, ser batizado por Cristo.

Mas quando decidiu batizá-lo, presenciou uma manifestação especial de quem Deus é e de qual o propósito da vinda de Cristo.

Esse acontecimento, que foi a descida do Espírito Santo e a testificação de filiação de Cristo por Deus.

E serve de base e orientação para todas as gerações que já existiram, até mesmo hoje.

O batismo de Jesus marcou o início de seu ministério.

Cristo já tinha por volta de 30 anos quando iniciou sua caminhada anunciando a verdade e a salvação para os povos.

Ao ser batizado, Jesus deixa de ser um homem comum.

Deixa de ser de uma família humilde que se sustenta como carpinteiro e passa a ser o salvador da humanidade.

Deus testifica a seu respeito diante de todos, com uma voz no céu dizendo “Este é meu filho amado, em quem tenho prazer”.

É lindo saber que Deus tem prazer na obra de salvação, operada por Cristo em nossas vidas.

É lindo saber que Deus orquestrou todos os acontecimentos, inclusive os registros, para que pudéssemos entender mais sobre o seu amor por nós. 

Desafios – O Batismo de Jesus

A partir daquele momento, em que Jesus foi batizado, ele passou por todos os desafios para que a salvação fosse conquistada para todos nós:

40 dias sendo tentado no deserto, saindo vitorioso;

  • Convocação de discípulos;
  • Ensinamento de toda a verdade;
  • Cura e libertação dos fracos e doentes;

Orientação de qual é o caminho da vida e exortação quanto a nossa nova vida e quanto ao fim dos tempos.

A bíblia é clara quando diz que, após o batismo de Jesus, os céus se abriram e o Espírito Santo desceu como uma pomba sobre ele.

A fim de testemunhar a natureza do novo nascimento em Cristo Jesus.

Tudo o que Jesus fez em vida foi além de necessário para cumprir o propósito de nossa salvação.

Foi para nos dar exemplo sobre como viver de maneira que agrade a Deus, o batismo foi um desses acontecimentos.

Até hoje, cristãos do mundo todo aderem ao batismo nas águas.

Isso é para marcar o momento da morte do velho homem e o nascimento para uma nova vida, regida pelo Espírito e dedicada a Deus.

É claro que existem diferenças quanto a maneira ou o peso do batismo.

A religião acabou por “ritualizar” muitas coisas.

Mas o fundamento essencial do batismo é o que foi deixado como exemplo por Jesus.

O abandono da antiga vida e o nascimento para as boas obras e para a vida regida pelo Espírito Santo.

Ao nascermos de novo, nos tornamos filhos de Deus, inculpáveis.

Jesus cumpriu toda justiça

Jesus cumpriu toda a justiça quando esteve aqui na terra.

Ele nos salvou com seu sangue e nos deu a oportunidade de, pela fé, receber o Espírito Santo.

Assim como ele, para nos ajudar a cumprir toda a boa obra antes que chegue o tempo em que o encontraremos.

O batismo de Jesus também manifestou publicamente a Trindade.

A unidade de Deus com seu Filho, com sua obra redentora e com a importância do Espírito Santo na vida daquele que é nascido de novo.

Cristo veio ao mundo por nossa causa.

Para nos dar uma nova vida e o seu Espírito Santo.

E esse é o principal ensinamento sobre o batismo de Jesus.

Deus te abençoe!

1 comentário


  1. Lindas essas publicações bons ensinamentos evangelização completa. Parabens

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *