Jesus anda sobre as águas

Tempo de leitura: 4 minutos

Jesus anda sobre as águas, você sabe como foi aquele momento?

Aqui vamos entender melhor como foi que isso aconteceu e como podemos observar essa situação tirando lições valiosas para nossa vida.

Afinal, tudo o que Jesus fez foi para nos dar exemplo e prova de seu amor por nós.

Acompanhe:

“Tendo despedido a multidão, subiu sozinho a um monte para orar.

Ao anoitecer, ele estava ali sozinho” (Mateus 14:23)

Jesus retirou-se após ter passado muito tempo em meio à multidão pregando e realizando milagres.

Ele queria descansar e passar um tempo a sós com Deus.

Esse relato é importante para que nós saibamos mais sobre o tipo de relacionamento que devemos buscar com Deus.

Um relacionamento de intimidade, em que compartilhamos nosso cansaço.

Nossas necessidades com o Pai e ele em grande amor nos fortalece e orienta sobre todas as coisas.

Jesus anda sobre as águas e nos mostra que devemos colocar nossa confiança nele.

“mas o barco já estava a considerável distância da terra, fustigado pelas ondas, porque o vento soprava contra ele”. (Mateus 14:24)

O acontecimento de Jesus anda sobre as águas

Os discípulos, por orientação de Jesus, já estavam no barco atravessando para o outro lado do mar revolto, provavelmente ocupados e cansados.

O Senhor havia dito que os encontraria lá, mas eles não imaginavam como aconteceria. 

“Alta madrugada, Jesus dirigiu-se a eles, andando sobre o mar.

Quando o viram andando sobre o mar, ficaram aterrorizados e disseram:

“É um fantasma! ” E gritaram de medo”. (Mateus 14:25,26)

Imagina só, alguém estava andando sobre as ondas revoltas!

Era Jesus, mas eles não sabiam. Jesus andava sobre as águas, mas eles não o reconhecia.

Apesar de conhecer Jesus, os discípulos ainda não imaginavam a extensão de seu amor e poder.

Mesmo sabendo de sua capacidade de realizar milagres e maravilhas e que ele era o Messias enviado por Deus, eles ainda tinham medo em situações como aquela.

Nem imaginavam que ele seria capaz de sujeitar toda a natureza à sua vontade.

Podemos refletir muito sobre a nossa Fé quando lemos essa passagem.

Porque por mais que saibamos sobre quem é Jesus e qual o seu plano, muitas vezes não acreditamos que ele é soberano.

Esse fato em que Jesus anda sobre as águas, nos faz refletir se estamos colocando nossas necessidade em suas mãos.

Mas não confunda, quando digo isso não me refiro ao fato de que Jesus irá, dar tudo o que você precisa e te livrar de todo mal.

Digo que ele sabe o do que você necessita e sobre qualquer coisa que você enfrente.

Tudo o que acontece está debaixo da permissão dele.

Jesus anda sobre as águas e nos ensina que precisamos descansar nele

Jesus é quem dá força e ensina em todas as situações que vivemos.

Pois tudo é necessário, precisamos aprender a descansar nele nesses momentos, em que tomamos sustos ou enfrentamos situações cansativas e até mesmo desconhecidas.

Ele é soberano sobre todas as coisas e você pode ter certeza de que o plano de Cristo é superior a qualquer um de nossos planos. 

“Mas Jesus imediatamente lhes disse:

“Coragem! Sou eu. Não tenham medo!”. (Mateus 14:27)

Confiança e Coragem

Em meio a toda essa situação, Jesus deu apenas uma orientação “CORAGEM, SOU EU”.

Não é apenas e simplesmente coragem, essa coragem de que Jesus fala só é possível porque era Ele quem estava lá.

Essa ideia é reforçada nas passagens seguintes, em que Pedro o coloca a prova, mas Jesus o convida a andar sobre as águas juntamente com ele.

No entanto, ao duvidar de que era mesmo Cristo, ele por pouco não se afogou, mas Jesus mostrou seu amor outra vez, mantendo-o firme.

Essa história, em que Jesus anda sobre as águas, é uma boa síntese de muitos aspectos importantes sobre a mensagem de Jesus.

Ela fala sobre o poder e a misericórdia de Jesus, que sujeita todas as coisas visíveis e invisíveis para a sua glória e para cumprir a sua vontade.

O melhor de tudo é que nós estamos incluídos na vontade e amor de Cristo.

Esse é o nosso Pai, por isso podemos descansar em sua proteção.

Deus abençoe!

Gostou do artigo? Deixe seus comentários e compartilhe nas redes sociais.

4 Comentários


    1. Quem bom que gostou, ficamos felizes!
      Fica com Deus!

      Responder

  1. Amei! Deus abençõe esse ministério,alcançando corações para a Sua Glória 🙌🙌

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *