Jesus acalma a tempestade

Tempo de leitura: 5 minutos

Jesus acalma a tempestade, quem é esse que até a natureza se sujeita!?!?

“Naquele dia, ao anoitecer, disse ele aos seus discípulos:

“Vamos atravessar para o outro lado”.

Deixando a multidão, eles o levaram no barco, assim como estava.

Outros barcos também o acompanhavam.

Levantou-se um forte vendaval, e as ondas se lançavam sobre o barco, de forma que este foi se enchendo de água.

Jesus estava na popa, dormindo com a cabeça sobre um travesseiro.

Os discípulos o acordaram e clamaram:

“Mestre, não te importas que morramos?

” Ele se levantou, repreendeu o vento e disse ao mar:

“Aquiete-se! Acalme-se! ” O vento se aquietou, e fez-se completa bonança.

Então perguntou aos seus discípulos:

“Por que vocês estão com tanto medo? Ainda não têm fé?

” Eles estavam apavorados e perguntavam uns aos outros:

“Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?” (Marcos 4:35-41)

Poder sobre a natureza – Jesus acalma a tempestade

Podemos glorificar a Deus, porque nosso salvador possui poder absoluto sobre tudo, principalmente sobre as forças da natureza.

Foi no mar da Galiléia, após passar um dia cansativo curando e pregando para milhares de pessoas, que Jesus acalmou a tempestade.

Ao entrar no barco, Jesus foi descansar na popa, e quando uma grande tempestade começou, todos se assustaram.

Jesus, nesse momento, estava dormindo profundamente com a cabeça colocada sobre um travesseiro.

Isso parecia surreal para aqueles que estavam desesperados enfrentando as altas ondas.

Tirando a água do barco, tomando o controle para evitar que ele virasse, equilibrando-se para não serem jogados em alto mar.

Entre tantas outras atividades para mantê-los vivos.

Para refletirmos

É esse um dos exemplos para reflexão mais relevantes nessa passagem, a maneira como os discípulos acordaram Jesus.

Foi uma demonstração factível da falta de fé que tinham nEle.

Os discípulos, apesar de verem seus milagres e o seguirem para todos os lugares.

Quando perceberam que estavam numa situação de perigo, o acordaram não para pedir que acalmasse a tempestade.

Pelo contrário, eles se incomodaram com a capacidade de Jesus de dormir num travesseiro, confortavelmente, enquanto todos encaravam a morte.

Por este motivo, Jesus os questionou sobre os motivos de ainda terem medo.

Muitas vezes nós agimos da mesma maneira.

Somos crentes fervorosos na igreja, temos a “disciplina espiritual” de fazer nossas orações e lermos a bíblia.

Entre tantos outros pontos, mas quando vemos o problema aproximando-se de nós, entramos em desespero.

E praticamente esquecemos que conhecemos alguém que tem o poder necessário para mudar toda a natureza, isso é, se verdadeira o conhecemos.

Pecamos constantemente com a incredulidade.

Assim como os discípulos naquele momento, pois não confiamos em Jesus para nos livrar do desespero.

Ficamos, muitas vezes, indignados com Deus por permitir que as tempestades da vida nos assustem.

Porém, note o desfecho dessa história: eles foram salvos e tiveram temor, mostrando que ainda não conheciam o Deus que seguiam.

Mensagens de Jesus nessa passagem – Jesus acalma a tempestade

A atitude de Jesus ao acalmar a tempestade nos traz algumas mensagens importantes:

1 – Jesus era plenamente humano.Cheio de sono e cansaço, ele pede aos seus discípulos que preparem as coisas para ir embora, entra no barco e dorme.

Ele veio ao mundo e passou pelas mesmas necessidades que nós, que como seres humanos, passamos todos os dias.

Por isso é bom sempre lembrarmos que temos um Deus que conhece tudo e que se compadece de nós, pois já passou por todas as necessidades que possamos ter.

2 – Outro ponto é a soberania e divindade de Jesus, manifestando-se para controlar a tempestade.

Ele simplesmente manda que a tempestade pare e recebe a calmaria.

Apesar de estar em carne como homem, Jesus era completamente Deus, por isso podemos recorrer a Ele em primeiro lugar, em qualquer situação.

Mesmo que o barulho e a movimentação te assuste, ou que você sinta que Jesus não está se importando com a sua crise, ore com perseverança, porque Ele é o único capaz de te salvar.

3 – Por fim, não o chame como os seus discípulos fizeram. Eles o recriminaram pela situação em que estavam, praticamente culpando o Senhor pelo acontecido.

A indignação deles foi repreendida por Jesus, e pela primeira vez eles tiveram temor, questionando quem era Aquele que até o mar obedecia.

Mesmo depois de demonstrarem sua incredulidade, Jesus não se afastou deles, pelo contrário, Ele acalmou a tempestade e salvou suas vidas, pelo grande amor e misericórdia que sempre demonstrou para com os seus.

Tenha Fé 

Por fim, a passagem em que Jesus acalma a tempestade é apenas uma das muitas que relatam situações onde Jesus incitava aqueles a seu redor a terem verdadeira Fé.

Muitos foram curados, abençoados e elogiados por, sem ao menos estar perto ou tocá-lo, crerem que Jesus era a salvação e a cura de que precisavam.

No entanto, a dúvida foi o que causou a queda de muitos.

Graças a Deus que nos entrega todos os dias porções de misericórdia, e que nos enche com seu Espírito Santo para que possamos evoluir e construir uma base sólida para nossa Fé e para o nosso grande amor por Jesus Cristo.

Deus te abençoe 🙂

Gostou do artigo? Deixe seu comentário e compartilhe com amigos nas redes sociais.

2 Comentários


    1. A paz minha irmã. Fico feliz que tenha gostado do conteúdo.
      Fica com Deus e uma boa semana!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *