Como será a volta de Jesus

Tempo de leitura: 8 minutos

A volta de Jesus Cristo, nesta publicação, temos o objetivo de explorar algumas passagens bíblicas que falam sobre como será a volta de Jesus.

Mas não apenas isso, queremos entender como a Bíblia nos ensina a esperar pelo cumprimento da promessa de salvação de nosso mestre. Acompanhe:

2 Pedro

“Há, todavia, uma coisa, amados, que não deveis esquecer: que, para o Senhor, um dia é como mil anos, e mil anos, como um dia.

Não retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento.

Virá, entretanto, como ladrão, o Dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão abrasados; também a terra e as obras que nela existem serão atingidas.

Visto que todas essas coisas hão de ser assim desfeitas, deveis ser tais como os que vivem em santo procedimento e piedade, esperando e apressando a vinda do Dia de Deus, por causa do qual os céus, incendiados, serão desfeitos, e os elementos abrasados se derreterão.

Nós, porém, segundo a sua promessa, esperamos novos céus e nova terra, nos quais habita justiça.” (2 Pedro 3: 8-13)

Devemos estar sempre firmes

Estamos cercados por um mundo onde não é incomum questionamentos sobre a veracidade da Bíblia e sobre a volta de Jesus.

Mas como cristãos, nós já tomamos a decisão de seguir nosso mestre e permanecermos firmes em suas promessas.

Mesmo assim, existem alguns de nossos irmãos que, aos poucos, têm permitido que a incredulidade entre em seus corações.

O desânimo a respeito das promessas de Deus acontece principalmente quando estamos sob a pressão do mundo, passando por dificuldades e sofrimentos.

Nesses momentos, a melhor maneira de ganhar força e renovo é apegar-se à Palavra.

Pois nela encontraremos consolo e respostas para tudo o que passamos enquanto estamos aqui.

Devemos esperar com alegria

A volta de Jesus deveria ser nossa maior expectativa, mas não é assim que vemos hoje em dia.

Nesse sentido, Pedro escreve para não esquecermos de que o tempo, para o Senhor, é completamente diferente do que para nós.

A aparente demora do Senhor para cumprir o seu juízo sobre o mundo é um grande ato de misericórdia.

Já que durante esse processo, Ele nos aperfeiçoa, nos cura e nos usa para falarmos de seu amor para mais e mais perdidos.

Nada do que vivemos e esperamos aqui no mundo é em vão, estamos trabalhando pela salvação e arrependimento de nossos irmãos, não apenas esperando.

Ninguém sabe do dia, somente o Pai

Porém, o ponto mais importante da mensagem de Pedro é para que não nos desviemos de fazer a coisa certa enquanto esperamos por nosso Pai.

A Bíblia deixa claro que não sabemos nem o dia e nem a hora em que o Senhor aparecerá, Ele surpreenderá a todos.

É por esse motivo que Jesus deixou alertas para não esquecermos de que o dia há de chegar.

Como nas parábolas das virgens que se descuidaram e perderam a chegada do noivo.

Ou como o servo irresponsável que desperdiçou os bens de seu senhor acreditando que ele não iria voltar.

Devemos estar cientes de que não basta esperarmos livres enquanto o Senhor não volta.

Precisamos ter plena certeza de que estamos trabalhando em nossa missão enquanto o esperamos.

Sobre isso, Tiago nos escreve como devemos permanecer esperando a volta de Jesus:

O que diz o apostolo Tiago

“Sede, pois, irmãos, pacientes, até à vinda do Senhor.

Eis que o lavrador aguarda com paciência o precioso fruto da terra, até receber as primeiras e as últimas chuvas.” (Tiago 5:7)

Devemos esperar com paciência pela vinda do Senhor, com expectativa, assim como um lavrado.

Durante esse período, somos responsáveis por plantar, limpar e preparar o nosso campo para as chuvas que farão com que os frutos cheguem perfeitos.

“Sede vós também pacientes e fortalecei o vosso coração, pois a vinda do Senhor está próxima.” (Tiago 5:8)

Precisamos ser pacientes

Novamente Tiago reforça a necessidade de sermos pacientes, não somente isso, mas para fortalecermos o nosso coração.

Todos os dias seremos tentados com a incredulidade e a maldade de um mundo que não deseja reaver o seu salvador.

Por isso, não podemos deixar de fortalecer todos os dias o nosso coração no Senhor, em quem nossa esperança repousa.

Não podemos considerar apenas os nossos atos enquanto esperamos, mas como estamos cuidando de nosso próprio coração.

“Irmãos, não vos queixeis uns dos outros, para não serdes julgados. Eis que o juiz está às portas.” (Tiago 5:9)

Não devemos julgar á ninguém

Essa é uma tarefa muito importante, não devemos nos queixar de nossos irmãos enquanto esperamos a volta de Jesus, pois seremos passíveis de julgamento.

O Senhor está voltando não apenas para salvar os seus, mas para julgar o mundo.

Nosso papel é amar a nossos irmãos e cuidar das sementes que o Senhor nos confia, não somos os juízes.

Leve a Palavra de salvação e do amor de Deus, mas não execute juízo temerário sobre ninguém, pois o verdadeiro juiz está vindo.

Cuidado com a maneira como você leva Deus ao mundo, como diz o Senhor Jesus nas bem-aventuranças, os misericordiosos alcançarão misericórdia.

Não devemos ser coniventes com o erro, mas não é nosso papel dar a recompensa pelas atitudes de ninguém.

“Irmãos, tomai por modelo no sofrimento e na paciência os profetas, os quais falaram em nome do Senhor.

Eis que temos por felizes os que perseveraram firmes.

Tendes ouvido da paciência de Jó e vistes que fim o Senhor lhe deu; porque o Senhor é cheio de terna misericórdia e compassivo.” (Tiago 5:10-11)

Misericórdia de Deus

Deus não quer que você espere eternamente, nem mesmo está fazendo um teste conosco para ver “quanto tempo aguentamos”.

Nosso Senhor é bom, compassivo e cheio de misericórdia.

Quando Jesus veio ao mundo, Ele disse que embora, por pouco tempo, fosse nos deixar sozinhos para nos preparar um lugar ao seu lado, deixaria o seu Espírito Santo como auxiliador e consolar, a fim de nos levar à toda verdade.

Se você se sente impaciente e com dúvidas.

Busque na Palavra de Deus os diversos exemplos de paciência.

Como o Senhor sempre cuidou e usou seus filhos durante o processo de espera.

Efésios 4

Por fim, Paulo nos orienta, em Efésios 4:2, a vivermos nosso tempo aqui na Terra em humildade e mansidão.

Suportando uns aos outros EM AMOR, pois o amor é o vínculo da perfeição.

É somente por ele que seremos como o nosso Senhor.

Durante a nossa espera, Jesus está nos aperfeiçoando em seu amor.

E pretende completar essa obra até o último dia, quando voltará em poder e grande glória.

Deus te abençoe, e lembre-se:

Instruções de Jesus

 “Porque naqueles dias haverá um sofrimento tão grande como nunca houve desde que Deus criou o mundo; e nunca mais acontecerá uma coisa igual.

Porém o Senhor diminuiu esse tempo de sofrimento.

Se não fosse assim, ninguém seria salvo.

Mas, por causa do povo que Deus escolheu para salvar, esse tempo já foi diminuído.

— Portanto, se alguém disser para vocês: “Vejam! O Messias está aqui” ou “O Messias está ali”, não acreditem.

Porque aparecerão falsos profetas e falsos messias, que farão milagres e maravilhas para enganar, se possível, até o povo escolhido de Deus.

Prestem atenção! Eu estou lhes dizendo tudo isso, antes que aconteça.

Jesus disse: — Depois daqueles dias de sofrimento, o sol ficará escuro, e a lua não brilhará mais.

As estrelas cairão do céu, e os poderes do espaço serão abalados.

Então o Filho do Homem aparecerá descendo nas nuvens, com grande poder e glória.

Ele mandará os anjos aos quatro cantos da terra e reunirá os escolhidos de Deus de um lado do mundo até o outro.

Jesus disse ainda: — Aprendam a lição que a figueira ensina.

Quando os seus ramos ficam verdes, e as folhas começam a brotar, vocês sabem que está chegando o verão.

Assim também, quando virem acontecer essas coisas, fiquem sabendo que o tempo está perto, pronto para começar.

Eu afirmo a vocês que isto é verdade: essas coisas vão acontecer antes de morrerem todos os que agora estão vivos.

O céu e a terra desaparecerão, mas as minhas palavras ficarão para sempre.

E Jesus terminou, dizendo: — Mas ninguém sabe nem o dia nem a hora em que tudo isso vai acontecer, nem os anjos do céu, nem o Filho, mas somente o Pai. (Marcos 13: 19-32).

Amém!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário, compartilhe com amigos e nas redes sociais.

2 Comentários


  1. Muito bom esse artigo grade lições para a vida espiritual obrigado Jesus.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *