5 Milagres de Jesus

Tempo de leitura: 9 minutos

Milagres que Jesus realizou no seu ministério, foram muitos, nesse artigo iremos listar 5.

“Jesus realizou ainda muitas outras maravilhas.

Se todas elas fossem escritas uma por uma, acredito eu que nem mesmo o mundo inteiro seria capaz de conter os livros que se escreveriam.” (João 21:25)

O evangelho nos conta, em poucos livros, quais foram as principais ações de Jesus Cristo quando esteve conosco como homem.

Seus discípulos, que foram escolhidos para acompanha-lo, viram de perto tudo o que Ele fez e lutaram para levar a sua mensagem de amor adiante.

Os humildes discípulos talvez não imaginassem, enquanto Jesus caminhava junto a eles, que todos os milagres realizados e todas as palavras ditas por Ele seriam a mensagem de salvação para o mundo inteiro.

Conheça o que esses milagres de Jesus ensinam para nós, iremos listar 5 Milagres realizados por Jesus:

O Milagre de CURA – Milagres de Jesus

Os milagres de Jesus curavam, e a Bíblia sempre revela que isso ocorria por meio da Fé.

Tanto dos que estavam enfermos, como daqueles que os acompanhavam.

Em um dos milagres de Jesus, Jesus cura apenas com suas vestes a mulher que sofria com uma hemorragia há 12 anos:

“E uma mulher, que tinha um fluxo de sangue, havia doze anos, e gastara com os médicos todos os seus haveres,

E por nenhum pudera ser curada, chegando por detrás dele, tocou na orla do seu vestido, e logo estancou o fluxo do seu sangue.

E disse Jesus: Quem é que me tocou?

E, negando todos, disse Pedro e os que estavam com ele:

Mestre, a multidão te aperta e te oprime, e dizes:

Quem é que me tocou?

E disse Jesus: Alguém me tocou, porque bem conheci que de mim saiu virtude.

Então, vendo a mulher que não podia ocultar-se, aproximou-se tremendo e,

Prostrando-se ante ele, declarou-lhe diante de todo o povo a causa por que lhe havia tocado, e como logo sarara.

E ele lhe disse: Tem bom ânimo, filha, a tua fé te salvou; vai em paz.” (Lucas 8:43-48)

A Bíblia diz que a mulher já havia gastado tudo o que tinha para resolver seu problema, mas não obteve resultado.

Não sabemos quais sentimentos habitavam em seu coração, mas conhecemos que ela já não tinha esperanças humanas e que colocou o que lhe restava em Jesus.

Ela nem mesmo pediu para que Ele a curasse, apenas confiou que, ao se aproximar dEle, teria a chance de receber o que ninguém mais poderia lhe oferecer.

Aqui, Jesus nos mostra seu grande amor, capaz de nos alcançar em qualquer situação, independente da maneira que nos achegamos a Ele.

Sua bondade, ao encorajar aquela mulher a continuar – “Tem bom ânimo”, “Vai em paz” – nos encoraja também a prosseguir tranquilos, sob o seu cuidado.

Assim como nesse caso, a Bíblia relata que Jesus curava multidões: aleijados, cegos, surdos, mudos, leprosos, aqueles que possuíam deformidades e diversas outras doenças.

O Milagre da LIBERTAÇÃO – Milagres de Jesus

Jesus libertou muitos que estavam aprisionados por demônios.

A bíblia conta sobre pessoas que machucavam a si mesmas, tinham convulsões, eram agressivos e viviam em estado de humilhação, despidos, em locais ermos como sepulturas.

Um milagre de destaque na Palavra é do homem possuído por uma legião de demônios:

“E, saindo ele do barco, lhe saiu logo ao seu encontro, dos sepulcros, um homem com espírito imundo;

O qual tinha a sua morada nos sepulcros, e nem ainda com cadeias o podia alguém prender;

Porque, tendo sido muitas vezes preso com grilhões e cadeias, as cadeias foram por ele feitas em pedaços, e os grilhões em migalhas, e ninguém o podia amansar.

E andava sempre, de dia e de noite, clamando pelos montes, e pelos sepulcros, e ferindo-se com pedras.

E, quando viu Jesus ao longe, correu e adorou-o.

E, clamando com grande voz, disse:

Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo?

Conjuro-te por Deus que não me atormentes. (Porque lhe dizia: Sai deste homem, espírito imundo.)

E perguntou-lhe: Qual é o teu nome?

E lhe respondeu, dizendo: Legião é o meu nome, porque somos muitos.

E rogava-lhe muito que os não enviasse para fora daquela província.

E andava ali pastando no monte uma grande manada de porcos.

E todos aqueles demônios lhe rogaram, dizendo:

Manda-nos para aqueles porcos, para que entremos neles.

E Jesus logo lho permitiu.

E, saindo aqueles espíritos imundos, entraram nos porcos; e a manada se precipitou por um despenhadeiro no mar (eram quase dois mil), e afogaram-se no mar.” (Marcos 5:2-13)

Esse milagre de Jesus nos ensina sobre a autoridade que Ele possui sobre o mal e que, com Ele, não devemos temer o inimigo.

Os demônios foram derrotados no abismo.

Ele também nos mostra que o homem não pediu para ser liberto, o próprio Jesus se compadeceu dele e o libertou.

Provando mais uma vez sua misericórdia e amor por seu povo.

Muitas outras libertações ocorreram em seu ministério, foi concedido aos seus discípulos a autoridade para realizar milagres de libertação e cura.

 

O Milagre da MULTIPLICAÇÃO

O primeiro milagre de Jesus foi a transformação de água em vinho, provendo o melhor para uma festa de casamento em que estava presente.

Em outros momentos, Ele multiplicou um pouco de alimento para milhares de pessoas que o seguiam:

“E, como o dia fosse já muito adiantado, os seus discípulos se aproximaram dele, e lhe disseram:

O lugar é deserto, e o dia está já muito adiantado.

Despede-os, para que vão aos lugares e aldeias circunvizinhas, e comprem pão para si; porque não têm que comer.

Ele, porém, respondendo, lhes disse: Dai-lhes vós de comer.

E eles disseram-lhe: Iremos nós, e compraremos duzentos dinheiros de pão para lhes darmos de comer?

E ele disse-lhes: Quantos pães tendes? Ide ver.

E, sabendo-o eles, disseram: Cinco pães e dois peixes.

E ordenou-lhes que fizessem assentar a todos, em ranchos, sobre a erva verde.

E assentaram-se repartidos de cem em cem, e de cinquenta em cinquenta.

E, tomando ele os cinco pães e os dois peixes, levantou os olhos ao céu, abençoou e partiu os pães, e deu-os aos seus discípulos para que os pusessem diante deles.

E repartiu os dois peixes por todos. E todos comeram, e ficaram fartos.” (Marcos 6:35-42)

O milagre da multiplicação de pães e peixes foi um dos muitos realizados por Jesus para gerar provisões quando tudo parecia escasso.

Seus seguidores não passavam fome, pelo contrário, eram em tudo supridos por Aquele que os falava.

As pessoas não precisavam buscar em outros lugares o pão, pois Jesus era o provedor de tudo o que eles necessitavam, enquanto eles ouviam atentamente Suas palavras.

Mais uma vez, os milagres de Jesus sobre a multiplicação nos ensinam que podemos depender dEle para prover aquilo que precisamos, basta apenas ouvirmos a Sua voz.

O Milagre da NATUREZA – Milagres de Jesus

Jesus mostrou que toda a natureza estava sujeita a sua vontade.

Na Bíblia, Jesus andou sobre as águas, secou uma figueira apenas com suas palavras e acalmou tempestades.

Milagre de Jesus, até a natureza se sujeita.

“E, naquele dia, sendo já tarde, disse-lhes:

Passemos para o outro lado.

E eles, deixando a multidão, o levaram consigo, assim como estava, no barco; e havia também com ele outros barquinhos.

E levantou-se grande temporal de vento, e subiam as ondas por cima do barco, de maneira que já se enchia.

E ele estava na popa, dormindo sobre uma almofada, e despertaram-no, dizendo-lhe:

Mestre, não se te dá que pereçamos?

E ele, despertando, repreendeu o vento, e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te.

E o vento se aquietou, e houve grande bonança.

E disse-lhes: Por que sois tão tímidos? Ainda não tendes fé?

E sentiram um grande temor, e diziam uns aos outros: Mas quem é este, que até o vento e o mar lhe obedecem?” (Marcos 4:35-41)

Tudo o que poderia ser motivo de temor para seus discípulos e para nós, seres humanos, para Ele é questão de Fé.

Crer no Senhor Jesus significa saber que Ele é poderoso para conduzir toda a natureza a nosso favor, se assim for a Sua vontade.

Ele jamais deixará que passemos por coisas com as quais não possamos lidar.

Se estivermos ao Seu lado e se confiarmos no seu poder para acalmar tempestades ou para nos tornar capazes de andar sobre as águas.

O Milagre da RESSURREIÇÃO

Jesus pode ter realizado incontáveis milagres na vida das pessoas e no mundo enquanto caminhou na terra, porém, seu maior objetivo também foi cumprido:

Nos oferecer uma nova vida.

Seu milagre mais importante foi vencer a morte!

“Onde está, ó morte, a sua vitória?

Onde está, ó morte, o seu aguilhão?”

O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a Lei.

Mas graças a Deus, que nos dá a vitória por meio de nosso Senhor Jesus Cristo.” (1 Coríntios 15:55-56)

Enquanto esteve entre nós, Jesus ressuscitou algumas pessoas, como Lázaro (João 11), e a filha de Jairo (Marcos 5), mostrando sua autoridade sobre a morte.

Mas na cruz Ele mostrou o verdadeiro milagre, Ele venceu a nossa morte pelo seu sangue.

Ele nos deu nova vida!

Jesus não veio para nos oferecer apenas milagres que melhorem nossa vida terrena, se bem que é Ele quem nos provê diariamente nossas necessidades.

Ele veio e está aqui, nos oferecendo a vida eterna, a salvação! 

“Disse-lhe Jesus: “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá.” (João 11:25)

Pela graça somos salvos, e isso não vem de nós, mas de Jesus, que se ofereceu gratuitamente em nosso lugar, pagou o preço que nos separava.

Ele foi preparar nossa morada e em breve voltará para buscar aqueles que vivem pela Fé.

Deus te abençoe 😊

Gostou do artigo, compartilhe e comente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *